O sucesso da terceirização de Facilities e o papel da comunicação nesse processo

31-jul || Terceirização

A comunicação se torna peça chave em qualquer setor, inclusive na área de Facilities. Conheça algumas estratégias que contribuem para o sucesso na instituição através da comunicação.

Os Gestores de Facilities que desejam crescer na área devem alinhar a sua comunicação de acordo com o público que querem alcançar e o posicionamento de mercado que desejam obter. Tendo em mente seus objetivos, a comunicação se torna uma importante ferramenta para o sucesso nos relacionamentos, buscando a criação e a consolidação de fortes vínculos com o público alvo em questão.

Ao construir uma narrativa coerente com a realidade da empresa, tem-se início a caminhada pela construção da legitimidade da marca, o que contribui para o reconhecimento da organização no setor. Todas essas etapas podem ser importantíssimas para a visibilidade do segmento de Facilities perante a mídia.

Nesse artigo abordaremos a importância de uma comunicação bem planejada ao interagir com o público, o que reflete diretamente na reputação de qualquer setor frente à mídia.

A importância da comunicação bem planejada

Segundo pesquisa realizada pela Project Management Institute Brasil (PMI), uma comunicação mal estruturada e a falta de uma estratégia clara leva cerca de 76% das empresas ao fracasso nas suas negociações.

Portanto, é necessário ficar atento às estratégias utilizadas pela empresa, buscando sempre avaliar se elas realmente estão sendo eficazes para atingir o objetivo de uma boa comunicação. Para estabelecer um relacionamento harmônico entre empresa e público é essencial:

  • Definir seu público alvo, tendo em mente com quem você está se relacionando e com quem deseja se relacionar;
  • Estudar os melhores canais de comunicação para chegar até esse público;
    • Mídia impressa, redes sociais ou mídia televisiva.
  • Construir uma abordagem clara e objetiva, a fim de evitar ruídos na comunicação e acabar causando desinteresse no público;
  • Utilizar de instrumentos, como eventos, ‘workshops’ e campanhas que geram experiências para engajar esse público com a marca.

Essas etapas são essenciais para o início do desenho de um planejamento bem estruturado de comunicação em qualquer empresa, visto o impacto que se tem na sua ausência.

A comunicação no âmbito organizacional

A eficiência dos processos nas organizações pode ser oriunda de planejamentos na comunicação interna da empresa. Afinal, para o bom funcionamento de uma organização, é necessário investir no relacionamento com seu público interno: seus funcionários.

Estabelecer pontes de diálogo com esse público é essencial, pois, o funcionário tem que se sentir como uma importante peça para o sucesso da empresa. Para auxiliar na construção desse relacionamento é preciso:

  • Canais de divulgação: utilizar de meios, como jornais internos, para informar o funcionário sobre acontecimentos que envolvem a empresa. Ao estabelecer uma comunicação clara, pode-se evitar o ruído no repasse das informações;
  • Elaborar campanhas para engajar a equipe: as campanhas podem ser instrumentos que conscientizam e, ao mesmo tempo, ajudam os funcionários em suas próprias vidas. Pode-se citar como exemplo a realização de campanhas de vacinação gratuita para os funcionários da sua empresa;
  • Realizar pesquisas internas: podem contribuir para a construção de um bom clima organizacional.

Falamos bastante da importância da comunicação entre uma empresa e o seu público alvo. Porém, não se pode esquecer a importância de estabelecer estratégias que impactam na visibilidade de todo o setor perante a mídia, e não somente da sua própria empresa.

Os mitos da terceirização

É importante esclarecer alguns mitos que se propagam nas redes e muitas vezes são noticiados por algumas mídias sobre a terceirização de serviços. São utilizados argumentos como:

  • A terceirização não assegura os direitos do trabalhador;
  • Os funcionários terceirizados estão mais propensos a sofrerem acidentes de trabalho;
  • A terceirização contribui para o aumento do desemprego.

É necessário ressaltar que essas informações muitas vezes são passadas sem conhecimento prévio do assunto e de maneira generalizada, o que não retrata fielmente a realidade do setor. As terceirizadoras possuem sim a obrigação de assegurarem todos os benefícios e direitos do trabalhador (FGTS, INSS, 13.º salário, férias e horas extras), além de mapearem em suas operações os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) corretos a serem utilizados pelos seus funcionários, colaborando para a diminuição de acidentes de trabalho.

Como contribuir para a desconstrução desses mitos

A comunicação na área de Facilities, mais uma vez, se torna necessária para a quebra desses mitos. O setor de Facilities está em expansão e tem ganhado cada vez mais notoriedade, demonstrando a responsabilidade das empresas que atuam nessa área.

De modo a educar as pessoas para que entendam de fato sobre o setor de Facilities, instrumentos de comunicação como eventos e campanhas podem ser utilizados como formas interativas de conversar com o público, sendo uma boa oportunidade para mostrar os índices de empregos gerados e a responsabilidade das empresas com seus funcionários e clientes.

Índices de crescimento do setor

As estratégias de comunicação na área de Facilities têm contribuído para que o setor cresça cada vez mais, demonstrando não só sua importância, mas também sua complexidade. Boas estratégias são traçadas a partir da análise dos mais diversos cenários, públicos e mercados da economia.

Portanto, a comunicação deve ser vista como peça chave na organização, passível de investimento e merecedora de cautela na hora da construção de estratégias que podem afetar não só a imagem da própria empresa como a imagem de todo o setor que ela atua.

Gostou do post? Deixe seu comentário