Segurança patrimonial e portaria

SEGURANÇA PATRIMONIAL E PORTARIA

Empresa de segurança patrimonial e portaria 

Existe uma crescente demanda no mercado por empresas de segurança patrimonial e portaria devido à busca pelo desenvolvimento do ambiente corporativo de uma instituição.

Organizações que buscam maior destaque no mercado devem atentar-se às políticas de segurança e às medidas a serem tomadas em seus ambientes organizacionais para que estas sejam efetivas na prevenção contra possíveis danos ao patrimônio da companhia.

Ainda hoje, percebe-se uma grande tendência das instituições em não darem a devida importância aos setores que correspondem à segurança de seus ambientes, seja tratando-se de ações tangíveis ou intangíveis. Esse fator pode contribuir para o despreparo da instituição, que fica à mercê dos riscos que pode vir a sofrer.

Segurança Patromonial e Portaria

O que é segurança corporativa?

A segurança corporativa é o conjunto de ações que a empresa adota para o bem-estar de todos os seus públicos. Pode-se dividir esse termo em duas vertentes: segurança empresarial e governança corporativa (conjunto de políticas e regras que compõem a segurança no ambiente de trabalho).

Qual a importância da segurança corporativa para a organização?

Ao traçar estratégias de segurança nas mais diversas áreas da empresa, estas poderão auxiliar no combate aos riscos presentes em quaisquer situações vivenciadas. É de extrema importância tal planejamento estratégico, no entanto, caso a empresa ainda não disponha de políticas e recursos para a segurança corporativa, ela poderá estar vulnerável à determinantes externas.

Existem diversos riscos que podem ser fatais para o desenvolvimento da organização e, consequentemente, para a sua imagem, sendo alguns deles:

  • Falta de identificação de usuários que utilizam as redes de internet da empresa, que podem agir com intenções maliciosas no uso de determinados recursos;
  • Ataques de hackers que podem invadir diretamente o banco de dados de uma empresa que não adotou medidas de proteção de dados conforme a lei LGPD;
  • Ataques criminosos contra a organização no intuito de subtrair recursos e informações da mesma;
  • Violência perpetrada contra algum funcionário ou cliente no ambiente da organização; 
  • Danos físicos aos patrimônios da empresa.

A construção da imagem de uma empresa se dá por diversos fatores, a responsabilidade da empresa quanto à segurança de seus stakeholders é um deles.

Ao atentar-se à segurança corporativa, a empresa torna-se bem vista perante o mercado e ganha credibilidade com seus clientes e potenciais clientes.

Porém, destaca-se que a segurança de uma empresa não trata apenas da geração de uma boa imagem a essa instituição. Ela trata também de uma questão ética e extremamente relevante para o andamento de todos os processos da organização.

A contratação de empresas especializadas em prestação de serviços de segurança deve ser realizada de maneira cautelosa, observando a forma com que a empresa conduz suas operações e como é realizada a supervisão dessas atividades, pois, conforme visto, segurança é coisa séria!

Segurança Patrimonial: saiba como proteger sua empresa

O que faz um supervisor de segurança?

O supervisor de segurança patrimonial é o profissional encarregado de executar um conjunto de estratégias preventivas com o objetivo de reduzir perdas patrimoniais em empresas, condomínios ou residências.

Porém, para proteger estrutura, equipamentos, veículos, documentos, ativos financeiros e a própria vida, a segurança patrimonial deve estar integrada com outras medidas não menos importantes.

É o caso de porteiros treinados que identificam cuidadosamente cada visitante; os controles de acesso físicos e os sistemas de segurança eletrônica, como alarme, cerca elétrica ou câmeras de segurança.

Cabe ressaltar que o vigilante ou responsável em proteger o edifício ou condomínio sabe operar todo esse sistema, incluindo rádios e dispositivos de comunicação.

Imprescindível ainda é que este funcionário seja qualificado para a função, com certificação comprovada em: Curso de Segurança Patrimonial ou Curso de Segurança e Vigilante.

Segurança patrimonial e portaria

Benefícios da Segurança Patrimonial para a Sua Empresa

Reduz a possibilidade de delito no local de trabalho

Uma equipe de segurança patrimonial competente protege a sede da empresa, minimizando a ocorrência de assalto e violência.

Eles são especialistas em detectar previamente atividades suspeitas, e tomar atitudes imediatas, antes que a circunstância se transforme em oportunidade para o transgressor.

A presença de seguranças profissionais armados no local de trabalho também inibe a atuação de infratores no empreendimento.

Além disso, eles podem ajudar a polícia e outros departamentos de segurança pública a solucionar delitos em locais com sistemas de vigilância por vídeo.

Aumenta a sensação de segurança

Guardas de segurança também contribuem para melhorar a ideia de proteção que as pessoas têm no local de trabalho, incluindo os proprietários, diretores, funcionários e seus clientes.

Pesquisas divulgadas nos Estados Unidos confirmam que funcionários sentindo-se mais seguros e protegidos costumam desempenhar melhor suas funções.

Ou seja, contratar segurança patrimonial pode ajudar a elevar consideravelmente a produtividade de seus colaboradores.

Fornece atendimento básico a clientes/visitantes

A equipe de segurança patrimonial não só protege o ambiente corporativo, como também concede informações básicas ao público.

É o caso de grandes comércios ou centro de compras, onde o consumidor leva ao segurança diversos tipos de questionamento.

Outra utilidade da segurança patrimonial é a saída de um funcionário tarde da noite, por exemplo, necessitando da companhia do vigilante até o estacionamento da empresa.

Esses cuidados agregam uma visão de empresa responsável, onde todos se sentem mais seguros com a presença do agente de segurança patrimonial.

Supre falhas de sistemas de segurança

A segurança patrimonial continua atuando caso sistemas de segurança não funcionem corretamente, como na ausência de energia elétrica, por exemplo.

Como qualquer falha eletrônica pode representar uma brecha para as atividades criminosas, a segurança patrimonial é indispensável, mesmo com outras ferramentas complementares.

Mantém a atmosfera corporativa em ordem

Isso porque controlar quem entra e sai, ou ter que tomar providências quando o alarme dispara, definitivamente, não deve ser uma função do administrador ou gerente, por exemplo.

Deixe por conta do agente de segurança que mantém a ordem do local de trabalho, garantindo uma rotina tranquila de trabalho e o acesso seguro dos frequentadores.

Eles mantêm suas instalações sob vigilância

Os peritos em defesa patrimonial rondam sua propriedade, monitoram câmeras de segurança, controlam operações rotineiras, gerenciam alarmes e acionam portões eletrônicos, impedindo o acesso de pessoas indesejadas.

Com ampla atuação, eles podem suspeitar de circunstâncias arriscadas e suprimi-las antes que a ação criminosa se concretize.

Ajuda a gerenciar multidões e greves

No caso de manifestações, greves ou grupos de pessoas reunidas para protestar – geralmente em empresas de grande porte – a segurança patrimonial consegue trabalhar para conter os manifestantes, mantê-los afastados ou impedir que danifiquem a sede.

Esse tipo de protesto se tornou comum no Brasil, em todas as cidades. Por isso, os proprietários preferem a prevenção de tumultos da multidão que possam atingir sua empresa ou funcionários.

Para estes momentos, conte com a segurança patrimonial, uma medida eficaz para evitar que seus clientes fiquem inibidos de acessar seu comércio durante esse tipo de situação.

Infelizmente, muitas pessoas deixam de comprar porque temem se machucar ou envolver na confusão das ações policiais usadas para dispersar a aglomeração.

O que é serviço de portaria?

Empresas terceirizam o serviço de portaria para ter um profissional experiente e preparado para a gestão da chegada ou saída de pessoas de um determinado local.

O serviço de portaria possui diversas funções, como recebimento de documentos, entregas e inspecionar visitantes, a fim de reduzir os riscos e aumentar a segurança do local.

Como contratar serviços de portaria?

Uma vez contratados, os porteiros são conhecidos por permanecerem em suas posições por décadas, já que essa profissão não é marcada pela alta rotatividade. Em relação ao gênero, a maioria dos serviços de portaria, mais especificamente, porteiros, são homens.

Quando uma vaga para serviços de portaria fica disponível, a contratação do porteiro deve ser realizada o mais rápido possível. Mas nem sempre é fácil encontrar um candidato adequado e experiente rapidamente.

Porém, você não deve contratar a primeira pessoa que passar na porta do edifício sem antes verificar o currículo, antecedentes criminais e habilidades para exercer a função.

Vale lembrar também que o perfil do porteiro deve incluir um misto de proatividade e paciência, pois pode passar horas realizando a vigilância, inclusive durante a noite/madrugada.

Confira abaixo as principais formas para contratar um porteiro:

  • Profissional autônomo

    O condomínio pode contratar um profissional, de forma contínua regulamentada, por um contrato de trabalho que não deverá gerar vínculo empregatício.

  • Contrato de trabalho intermitente

    O trabalhador contratado é convocado pelo empregador quando há necessidade de contratação dos serviços.

  • Empresas terceirizadas

    As empresas que oferecem terceirização de mão de obra para serviços de portaria devem se comprometer com o cumprimento dos direitos trabalhistas do empregado.

 

Terceirize já a Segurança Patrimonial e Portaria do seu condomínio,
empresa ou indústria. Entre em contato conosco.

 

Abrir Conversa
Precisa de ajuda?