Principais problemas que um síndico enfrenta com as empresas conservadoras.

Empresas conservadoras costumam sempre ir contra a maré. Afundando no mar com uma âncora no tornozelo. Para descobrir quais os principais problemas que um síndico enfrenta com estas empresas, acompanhe mais um artigo feito pelo Grupo Delta Facilities e saiba como resolver estes problemas!

Zelar pela paz e segurança dos moradores não é uma tarefa fácil. Para conciliar pessoas com diversos perfis comportamentais, necessidades e objetivos diferentes a contratação de um profissional qualificado passa a ser primordial.

A tarefa de um síndico é criar um ambiente onde todas essas pessoas consigam viver em harmonia — mesmo que isso possa beirar o impossível.

Agora, imagine um profissional trabalhar com todas estas adversidades e ainda enfrentar o conservadorismo presente nas empresas contratadas…

Lógico que a falta de comunicação com o mundo moderno pode impactar negativamente na qualidade do serviço executado.

Pensando em explicar todos os problemas enfrentados pelos síndicos com empresas conservadoras, o Grupo Delta Facilities preparou este material completo para você que deseja encontrar uma solução para este problema.

Vamos lá!

Quais os problemas que mais afetam os síndicos?

Quando o problema surge da empresa contratada, o sentimento de impotência é muito maior. Isto acontece, pois, a solução passa a não depender apenas do profissional.

Na imensa maioria das vezes, a falta de comunicação entre profissional e empresa é tão grande que ambos parecem não falar a mesma língua — ocasionando a falta de feedback entre as partes.

À seguir, vamos citar alguns problemas enfrentados.

Deficiência na supervisão

A supervisão precisa ser feita periodicamente, juntamente de um relatório completo, descrevendo todas as atividades realizadas.

A supervisão não existe apenas para que os erros não aconteçam. Ela não precisa ficar “no pescoço” do empregado — longe disso. Ela pode ajudar proativamente na alteração das atividades para que essas se tornem mais efetivas, algo que só é possível se o acompanhamento for feito de perto.

Porém, para ela ser mais analítica e assertiva, ela precisa ter em mente — ou em dados — o resultado final de todas as tarefas executadas, para, enfim, supervisionar uma determinada tarefa. Sendo assim, o levantamento de métricas e indicadores operacionais se torna essencial para uma noção mais analítica dos serviços que estão sendo prestados.

Resumindo: a supervisão deve acompanhar a equipe constantemente e servir de auxílio para corrigir pequenos erros — evitando que erros maiores aconteçam —, além de apontar possíveis melhorias procedimentais.

Antes de mais nada, a supervisão deve ser um órgão que educa, e não um órgão que pune — mesmo que em alguns casos a punição seja necessária.

Lentidão na reposição de faltas e atrasos

Sem profissional, sem tarefa executada. Simples assim.

O material humano é aquele que possui a reposição mais difícil, pois as tarefas executadas podem ser muito particulares, resultando em duas frentes: ou o serviço não é executado com a mesma qualidade de sempre, ou nem é executado.

Um síndico precisa de um porteiro de confiança, pois o mesmo lida com os moradores todos os dias. Ele também precisa que os colaboradores dos serviços gerais entreguem um ambiente limpo e higienizado — ainda mais em tempos de pandemia.

Para que uma tarefa seja executada da melhor forma, existe toda uma cadeia envolvida e que afeta diretamente na qualidade deste serviço. 

A lentidão na reposição de faltas e atrasos ocasiona um mal estar entre os moradores e o síndico — sem tirar a razão dos moradores, lógico. 

Para resolver esse problema, é importante desenvolver um planejamento estratégico de reposição de desfalques, algo que uma empresa conversadora dominar – ou ao menos deveria dominar.

Alto turnover

Para quem ainda não sabe, turnover é a rotatividade de funcionários em uma empresa, ou seja, um empregado se trata do ciclo em que um funcionário é admitido e outro desligado de maneira sucessiva. 

Existem diversos motivos que contribuem para um alto turnover, como: salários baixos, más condições de trabalho e, muitas vezes, a própria insatisfação do funcionário com as tarefas que precisa desempenhar.

Este tema nos leva diretamente à seção anterior: a dificuldade em recompor o material humano a tempo de não perder a eficácia no trabalho executado.

É muito comum nos depararmos com uma alta rotatividade de funcionários, não podemos negar. Mas o que é comum é muito diferente daquilo que é indicado.

Por isso, é importante você contratar uma empresa terceirizada para a prestação de serviços. Com ela, o seu síndico fica muito mais seguro, pois as taxas de turnover são muito menores em empresas especializadas, que constroem um ambiente desafiados e que estimula o crescimento dos funcionários, evitando que saiam da empresa para buscarem outras oportunidades.

Uma empresa terceirizada moderna é aquela que te entrega um profissional qualificado, especializado e treinado para executar sua função da melhor forma possível.

Altos passivos trabalhistas

Quanto mais passivos trabalhistas, menos dinheiro em caixa. Quanto menos dinheiro em caixa, menos verba para pagar os colaboradores, bem como menos orçamento para investir na própria empresa.

No decorrer deste texto, aprendemos bastante o impacto negativo que apenas uma atitude pode ter em relação a várias outras.

Uma péssima administração e supervisão ocasionam na insatisfação dos colaboradores, resultando na sua falta de comprometimento, absentismo ou até mesmo processos trabalhistas. E isso pode acontecer tanto com a empresa terceirizada quanto com está contratando funcionários diretamente. 

É impossível pensar que uma empresa, ou condomínio, com diversos passivos trabalhistas consiga entregar ao seu síndico, ou aos moradores diretamente, profissionais qualificados e motivados para enfrentar o dia a dia.

No entanto, também é impossível imaginar um síndico motivado a encarar o dia a dia sabendo que não dispõe dos melhores profissionais para executarem um determinado serviço, sejam eles próprios ou terceirizados.

Existem diversas maneiras de se combater os processos trabalhistas, sendo uma das principais o desenvolvimento de um plano de mitigação de riscos trabalhistas, plano esse que aborda diversas variáveis que podem levar às ações judiciais, situação que ninguém gosta de se ver envolvido.

Para evitar os problemas que foram destacados aqui, e muitos outros que também podem acontecer, procure o Grupo Delta Facilities!

Somos uma empresa que nasceu para atender à crescente demanda por serviços terceirizados especializados.

Com uma equipe altamente treinada, somos referência na terceirização de serviços, oferecendo soluções modernas e sob medida para todas as suas demandas!

Fale conosco através do Telefone (31) 2535-4444 ou pelo Email: contato@deltafacilities.com.br e
receba uma proposta personalizada de acordo com as necessidades da sua empresa!

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Conversa
Precisa de ajuda?